Sandro Silva falha e Vasco perde para o Flamengo por 1×0 na abertura do Super Séries.

Flamengo e Vasco fizeram uma partida um tanto disputada na noite desta quarta-feira (21/1) na Arena Amazônia, abertura do Torneio Super Séries, que também conta com a participação do São Paulo, e no final, vitória do Rubro-Negro por 1×0, gol de Éverton aproveitando uma bobeada do volante Sandro Silva aos 8 minutos do segundo tempo.

Com a vitória, o Flamengo não apenas quebrou uma escrita favorável ao Vasco na capital amazonense como larga na frente do Torneio Super Series, com três pontos. O Vasco volta a campo pelo torneio e busca reabilitação contra o São Paulo, sexta-feira, às 22h, novamente na Arena Amazônia.

O Rubro-Negro por sua vez voltará a campo somente no domingo para o duelo com o Tricolor Paulista, jogo previsto para às 17h (DF). Pouco mais de 20 mil pagantes na Arena Amazônia, em Manaus.

Sandro Silva falha e Vasco perde para o Flamengo por 1x0 na abertura do Super Séries.

Arbitragem do amazonense Edmar Campos da Encarnação, que mostrou cinco cartões amarelos na partida, sendo três para o Mengo e dois para jogadores do Vasco. O goleiro Paulo Victor, do Flamengo, responsável por pelo menos quatro boas defesas foi escolhido o melhor jogador da partida.

 

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 X 0 VASCO

Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)

Data-hora: 21/1/2015 às 22h

Árbitro: Edmar Campo da Encarnação (AM)

Auxiliares: Anne Kessy Gomes de Sá (AM) e Marcos Santos Vieira

Público/Renda: 21.915 presentes/Não divulgada

Cartões amarelos: Cáceres, Anderson Pico, Arthur Maia (Flamengo); Christiano e Montoya (Vasco)

Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Everton (8’/2ºT)

 

FLAMENGO: Paulo Victor, Léo Moura (Pará, intervalo), Wallace, Samir e Anderson Pico; Cáceres (Marcio Araújo, intervalo) e Canteros; Nixon (Alecsandro, 17’/2ºT), Arthur Maia (17’/2ºT) e Everton (Luiz Antonio, 34’/2ºT); Marcelo Cirino (Bressan, 44’/2ºT) – Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

 

VASCO: Martin Silva, Jean Patrick (Nei, 22’/2ºT), Luan, Rodrigo e Christiano (24’/2ºT); Guiñazú (Lucas, 23’/1ºT) e Sandro Silva (Julio dos Santos, 17’2ºT); Montoya, Rafael Silva (Yago, 12’2ºT) e Bernardo (Marquinhos do Sul, 12’/2ºT); Marcinho – Técnico: Doriva.